Weg (WEGE3) 4T19

Weg (WEGE3) 4T19: Resultados acima das expectativas; Mantemos Neutro

A Weg (WEGE3) reportou hoje cedo seus resultados referentes ao 4T19, com números em geral acima das nossas expectativas e também acima do consenso. A receita líquida consolidada atingiu R$ 3,78 bi (+21% a/a), ~7% acima dos nossos números. O resultado foi impulsionado principalmente pelo mercado interno, cujas receitas cresceram ~30% a/a no 4T19. Na linha de custos, vale destacar que no 4T19 a companhia apresentou ganhos de eficiência importantes, com queda na representatividade de algumas das principais linhas (despesas gerais e administrativas, custos com pessoal e outros). Assim, a margem expandiu na comparação anual e ficou levemente acima do esperado. Destacamos também que o retorno sobre o capital investido (ROIC) cresceu mais um trimestre, atingindo 20,2% e reforçando a capacidade da companhia de gerar valor consistentemente. O lucro líquido, por fim, também ficou acima das nossas estimativas e do mercado, beneficiado pelas linhas mencionadas acima e também por um resultado financeiro positivo.

WEG (WEGE3)

Compre ações e torne-se sócio das maiores empresas do Brasil.

Em resumo, a Weg (WEGE3) reportou avanços significativos no 4T19, e vem sequencialmente reforçando sua capacidade de gerar valor tanto via as aquisições quanto de forma orgânica. Apesar de reconhecermos o histórico sólido de execução da companhia, que continua a se reforçar ao longo do tempo, nós mantemos preferência relativa por nomes que (i) negociam em níveis de valuation mais atrativos e (ii) possuem uma alavancagem mais direta à atividade econômica local dentro do universo de cobertura. Assim, mantemos recomendação Neutra para as ações, mas esperamos reação positiva.

Mais detalhes sobre os resultados…

A receita líquida consolidada ficou em R$ 3,779 bi no trimestre, crescimento de 21% a/a. Esse crescimento foi impulsionado principalmente pelo segmento de GTD, que expandiu 31% a/a (energia: geração, transmissão e distribuição). Dentro desse segmento, vale destacar a performance dos negócios de geração solar distribuída, refletindo antecipação de pedidos, e também transmissão & distribuição dentro do Brasil.

As receitas domésticas consolidadas (43% do total) cresceram 30% a/a, enquanto no mercado internacional (57% do total) o crescimento foi de 15% a/a. Sem considerar o impacto positivo do câmbio, o crescimento teria sido de 6% a/a. Por outro lado, dentro do segmento industrial, para equipamentos de ciclo curto no mercado internacional, destacamos que a receita teve crescimento mais modesto, refletindo uma entrada mais lente da pedidos.

O EBITDA consolidado ficou em R$ 666 milhões, com margem de 17,6%, ~9% acima das nossas estimativas. A margem também ficou levemente acima da nossa estimativa, refletindo a maior eficiência de custos da companhia conforme já mencionado. Por fim, o lucro líquido ficou em R$ 500 milhões (+49% a/a), acima da nossa estimativa e do consenso. Além da performance operacional mais forte ter impulsionado o lucro, destacamos também que a Weg (WEGE3) reportou um resultado financeiro positivo de R$ 13 milhões.