Top 10 Ações XP – Fevereiro

A carteira Top 10 ações XP é composta por 10 nomes que acreditamos que, em conjunto, possam performar acima do Ibovespa no horizonte de médio prazo. A carteira é atualizada mensalmente e o acompanhamento de sua performance encontra-se no final desta página.

Neste mês estamos substituindo as ações da Lojas Renner (LREN3) pelas ações da Vivara (VIVA3). Esperamos que ambas apresentem resultados positivos no curto prazo, e também vemos as duas companhias como nomes de qualidade, com entrega sólida e consistente histórico de crescimento. Entretanto, nas nossas estimativas as ações da Vivara hoje oferecem uma perspectiva de crescimento de lucros mais atrativa (25% ao ano entre 2020-2022 vs. 17% para Renner) a múltiplos mais descontados (22,5x Preço / Lucro 2021 vs. 28,4x para Renner).

Além disso, decidimos substituir as ações do Bradesco (BBDC4) pelas ações do Banco do Brasil (BBAS3). Apesar de acharmos que ambos se beneficiem de um aumento de crédito com melhor mix e inadimplência mais baixa, nossa expectativa é de que o Banco do Brasil possua mais catalisadores de crescimento por um valor mais atrativo.

Por fim, apesar mantermos a nossa visão construtiva no nível operacional da EZTec para os próximos anos, dado o seu foco na região metropolitana de São Paulo (incluindo a capital paulista) e no público de média e alta renda, estamos substituindo as ações da EZTec (EZTC3) por Cyrela (CYRE3) neste mês devido à forte performance de EZTC3 em janeiro. Assim como a EZTec, vemos a Cyrela bem posicionada para se beneficiar da recuperação no setor, especificamente na região de São Paulo, além de esperarmos uma robusta geração de caixa e uma forte distribuição de dividendos (dividend yield de 6,6% em 2020).

Top 10 Ações – Fevereiro

top-10-acoes-fevereiro

Top 10 Ações

Os principais temas da nossa carteira são:

(1) Selic baixa por mais tempo que o esperado (RENT e IGTA) – nomes que devem continuar se beneficiando de juros mais baixos por mais tempo;

(2) Crescimento acelerando (BBAS, VVAR, ECOR e CYRE3) – tema que deve começar a ganhar tração ao longo dos próximos meses;

(3) Nomes de qualidade (LREN, VIVA e IGTA) – eles protegem a carteira no curto prazo, mas também se beneficiam da retomada econômica adiante;

(4) Cíclicos globais descontados (PETR, JBSS e VALE) – mas de forma seletiva, dadas as incertezas globais ainda elevadas.

Compre Ações e torne-se sócio das maiores empresas do Brasil.

Performance da carteira: Top 10 Ações

Top-10-acoes-xp