Sanepar (SAPR11): Resultados 4T19

Sanepar (SAPR11): Resultados 4T19: Um excelente trimestre para a Sanepar (SAPR11); Reiteramos compra e elevamos preço-alvo para R$115/unit

Em 6 de fevereiro, a Sanepar (SAPR11) divulgou seus resultados do quarto trimestre de 2019 (4T19), com o lucro líquido registrado de R$386,3 milhões superando com folga nossa estimativa de R$231,3 milhões e o consenso de mercado de R$236,0 milhões.

O EBITDA ajustado da companhia de R$648,1 milhões também veio muito acima da nossa expectativa de R$508,3 milhões (+32,4%) e o consenso do mercado de R$489,5 milhões. Os principais motivos que levaram a tal resultado foram:

Volumes 4,9% acima de nossas estimativas devido a uma maior adição de ligações do que esperávamos e um maior consumo unitário devido a um clima mais seco e com temperaturas maiores do que o mesmo período no ano anterior;
Tarifas por unidade de volume medido acima das nossas expectativas devido ao efeito retroativo do restabelecimento de parte do reajuste tarifário de 2019 (de 3,76%) após decisão do Tribunal de Contas do Estado (TCE) Apenas em dezembro, a companhia registrou uma receita de R$61 milhões relacionada ao efeito retroativo do reajuste não praticado entre os meses de julho a novembro de 2019;
Custos gerenciáveis (que agrupam os custos de pessoal, materiais e serviços) -4,49% abaixo das nossas estimativas e -0,97% inferiores aos registrados no 4T18. Isso sinaliza uma maior eficiência da Sanepar em suas operações, dado que tais custos cresceram abaixo da inflação de 4,31% registrada em 2019;
Finalmente, notamos que parte da diferença entre nossa estimativa de lucro e o registrado pela companhia advém de menores despesas financeiras no 4T19, devido a um maior saldo de caixa no balanço em comparação ao que esperávamos.

sanepar-sapr11

Compre Ações e torne-se sócio das maiores empresas do Brasil.

Nossa visão: Um trimestre excelente para a Sanepar (SAPR11); Reiteramos compra e elevamos preço-alov para R$115/unit
Temos uma avaliação positiva dos resultados da Sanepar (SAPR11) no 4T19, dado que os resultados da companhia superaram com folga nossas expectativas e as do consenso do mercado.

Na nossa visão, além dos impactos financeiros positivos da decisão do TCE de restabelecer o efeito completo do reajuste tarifário de 2019 (saiba mais aqui), ressaltamos o benefício na forma de uma menor percepção de risco de investidores para ação. Isso deve levar a uma redução do desconto que as ações negociam em relação a outras ações do setor de saneamento e de setores regulados, como um setor elétrico.

Aproveitamos a oportunidade para atualizar nossas estimativas para a companhia, e elevamos nosso preço-alvo para R$115/unit, em comparação a R$110/unit anteriormente. Reiteramos nossa recomendação de compra nas ações da Sanepar (SAPR11).

Continuamos a ver a Sanepar (SAPR11) como um dos melhores risco-retorno do setor de saneamento básico, com ações negociadas a múltiplos mais atrativos que seus pares do setor.