O que é Perfil de Investidor

Quem busca conhecer o mundo dos investimentos acaba percebendo que alguns conceitos são usados com frequência. Alguns deles aparecem já nas primeiras leituras e seguem importantes enquanto se lê sobre o tema. O perfil de investidor, por exemplo, deve ser estudado antes dos primeiros investimentos.

Este post detalhará esse conceito. A sua leitura é útil para qualquer um que esteja começando a investir ou que queira refrescar a memória. Siga conosco!

O que é o perfil de investidor?

O termo contempla as características da personalidade do dono do dinheiro aplicado. As variáveis principais são liquidez, segurança e rentabilidade.

É impossível alcançar altos níveis dos três fatores simultaneamente, então se faz necessário equilibrá-los. A importância de cada uma das variáveis define qual o perfil de investidor se encaixa melhor com a personalidade.

Qual é a importância do perfil?

A elaboração do perfil de investidor permite escolher corretamente os melhores produtos financeiros de acordo suas preferências. Isso se faz necessário para que as aplicações ajudem o investidor a alcançar seus objetivos, caracterizando um investimento de sucesso.

Geralmente, se considera um investimento sem sucesso aquele que, por baixa rentabilidade ou prejuízo, não permite a realização do projeto planejado. Mas se faz necessário uma análise mais cuidadosa para saber a origem do erro de aplicação.

Por exemplo, ao adquirir terras visando lucrar com uma venda futura, deve-se estar consciente de suas características.

Mesmo que o valor de mercado do terreno aumente, a necessidade de uma venda rápida fará com que o investidor aceite vender por um preço abaixo do gasto em sua aquisição. Neste caso, o problema foi a escolha de um investimento com baixa liquidez.

Quais são os perfis?

É possível identificar diversos perfis de investidor. Não há um consenso com relação a quantos ou quais são eles. Eles medem a segurança e a liquidez buscadas pelo investidor. A possibilidade de retorno é inversamente proporcional aos dois fatores anteriores.

Este artigo cita 3 perfis diferentes: conservador, moderado, e arrojado. Veja mais detalhes sobre eles a seguir.

Perfil conservador

O perfil de investidor conservador é o mais adequado para algumas situações. Os fatores preferidos para esse perfil são a liquidez e segurança, abrindo mão de possíveis retornos maiores.

O caso clássico desse perfil é aquele de quem acabou de chegar ao mundo dos investimentos. Como ainda não possui conhecimento sobre os riscos, não faz sentido se expor.

Apesar de ser associado a quem possui pouco conhecimento na área, o investidor conservador também pode ter esse perfil por suas preferências ou pela situação. É possível estudar profundamente todas as aplicações disponíveis e determinar que não vale a pena correr riscos.

Perfil moderado

Esse perfil de investidor aceita correr algum risco em troca de maior rentabilidade. Geralmente, vai além do conhecimento básico ou ao menos pode manter o dinheiro aportado por prazos maiores.

O investidor moderado costuma diversificar sua carteira. Além dos investimentos básicos em renda fixa e uma reserva com boa liquidez, pode aplicar uma pequena parcela em ações. A base segura de sua carteira serve como uma âncora, caso os investimentos mais arriscados falhem.

Perfil arrojado

Quem se enquadra nesse perfil de investidor necessariamente tem conhecimento da área. Mas, além disso, é necessário ser capaz de lidar com as grandes oscilações nos valores de seus ativos. A volatilidade no curto e médio prazo pode o recompensar com bons retornos em longo prazo.

Esse investidor conhece as aplicações disponíveis e as ferramentas para adquiri-las. Por meio delas, constrói uma carteira bem diversificada com uma pequena parcela de títulos seguros e boa parte de aplicações arriscadas, como ações.

Para saber qual o melhor tipo de aplicações para você, é necessário esclarecer quais são as suas capacidades e seus objetivos. Com isso, é possível fazer um teste em qualquer instituição financeira.

O teste consiste em um questionário, que pode ser feito pela internet, e é etapa inicial e fundamental para começar a investir. Com o seu perfil de investidor, a assessoria financeira pode ajudar você da melhor maneira possível.

Gostou do texto? Quer ajuda para elaborar o seu perfil de investidor? Já sabe qual é o seu e gostaria de escolher as aplicações mais adequadas? Entre em contato com a Visão Investimentos!