guilherme-benchimol

Guilherme Benchimol é um dos fundadores da XP Inc., uma empresa de investimentos. Benchimol é também o CEO da companhia, que abriga empresas como as corretoras de valores XP Investimentos, Clear e Rico. Em 2018, Guilherme Benchimol entrou para a lista da Bloomberg como uma das 50 pessoas mais influentes do mundo. Ele foi a única personalidade do Brasil e da América do Sul a figurar na prestigiada seleção do veículo norte-americano. A XP Inc. (anteriormente conhecida no mercado como Grupo XP) atende mais de 1,4 milhão de clientes e possui quase R$ 260 bilhões de investimentos sob custódia (dados de janeiro de 2019), sendo responsável por uma das maiores corretoras de valores do Brasil.

Nascido no Rio de Janeiro, Guilherme Benchimol é formado em economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. O empresário começou a carreira profissional como estagiário, aos 18 anos, em um corretora de valores na capital fluminense. Depois, atuou em outras duas empresas do mesmo ramo. Quando foi demitido do último emprego, Benchimol decidiu que era a hora de começar a própria jornada como empreendedor.

Guilherme Benchimol e a XP

Em 2001, em Porto Alegre, na região Sul do Brasil, fundou a XP ao lado de Marcelo Maisonnave. O início da empresa foi em um escritório pequeno, com dez computadores usados, adquiridos de uma lan house, como descreve Benchimol. Ainda de acordo com ele, a respeito da fundação da companhia: “Notamos que a maioria das pessoas não sabia como investir em renda variável ou tinha insegurança na hora de fazer seus primeiros negócios. Foi desse insight que a XP Investimentos passou a quebrar paradigmas no mercado, investindo em educação para conseguir os primeiros clientes”.

No ano de 2005, a XP, que começou como uma empresa educacional, criou o braço XP Gestão de Recursos. Já em 2007, foi incorporada à XP a Americainvest CCTVM Ltda . Com isso, a empresa de Guilherme e Marcelo passou a atuar como corretora de valores.

No ano de 2011, mais um passo: foram adquiridas pela XP a Interfloat, a Senso Corretora e o portal de informações financeiras Infomoney.

Entre 2012 e 2016, o Grupo XP fez novas aquisições, desta vez entraram para o time mais três corretoras: a Prime em 2012; a Clear em 2014; e a Rico em 2016.

No final de 2017, o Itaú Unibanco adquiriu 49,9% das ações do Grupo XP , numa transação de mais de R$ 6,3 bilhões.