ALASKA Investimentos

Investir é uma palavra que se tornou muito comum no vocabulário do brasileiro ao longo dos anos. Atualmente, as pessoas veem a importância em guardar uma porcentagem do que ganham, mas a maior parte não tem conhecimentos suficientes sobre como trabalhar com investimentos.

Ao começarem a pesquisar sobre investimentos, muitos acabam ficando perdidos ao se deparem com termos até então desconhecidos, que se baseiam em princípios não compreendidos pela maioria, fazendo com que estes passem a pensar que investimentos não será um bom caminho.

Quando estas pessoas conseguem ter a clareza da importância de um bom investimento, começam a perceber que uma poupança não será o suficiente para chegarem a patamares desejados e precisam recorrer a alternativas mais eficazes.

Existem variadas formas de investimentos, como o Fundo de investimentos Alaska, mas antes de lhe explicarmos ao certo como esta modalidade funciona, você precisa ter compreendido exatamente o que significa investir.


O que é Fundo Alaska?

O Fundo Alaska é um fundo de investimentos administrado pela empresa Alaska Asset Management, fundada em 2015 e vista como uma gestora independente.

Os resultados obtidos por este fundo de investimento, de destacam por serem consistentes a longo prazo, além de trabalharem com a preservação do meio ambiente.

Através do Fundo Alaska, os investidores passam a ter conhecimento e clareza sobre:

  • A Independência Analítica, que os mostra como é importante ter consciência,sobre independência financeira e disponibiliza oportunidades para que a mesma seja alcançada.
  • O trabalho a longo prazo, para que os investidores consigam ter uma visão de futuro, trabalhando bem hoje para que os riscos dos próximos hoje sejam amenizados e os resultados colhidos sejam satisfatórios.
  • Ensinam a multidisciplinaridade, mostrando a importância de conhecer vários tópicos para que o investimento seja feito de forma correta.
  • Trabalham com uma visão e atitude de dono, que é o caminho para que os investidores obtenham sucesso com o Fundo Alaska.

Através do Fundo Alaska, os investimentos passam a representar aquilo que as pessoas que buscam sucesso financeiro sempre buscaram.

Este fundo de investimento possui algumas variações e escolher a melhor delas é muito importante para que você seja enquadrado na modalidade correta e seu investimento seja feito de forma eficaz.

O que é e como funciona um investimento no Fundo Alaska?

As modalidades do Fundo Alaska

O Fundo Alaska é dividido em algumas modalidades para enquadrar todo tipo de investidor. Cada uma com seus diferenciais, mas administrados pela mesma gestora.

Abaixo lhe apresentaremos cada um, para que você verifique a mais adequada para você. Confira:

  • O Fundo Alaska Black FIC FIA – BDR Nível I:

Este fundo de investimento foi fundado em 01/01/2012. Para que o investidor comece a trabalhar com esta modalidade, precisa fazer uma aplicação inicial de R$5.000,00. A partir daí, passará a pagar mensalidades de no mínimo R$1.000,00 com um saldo mínimo de R$5.000,00.

A cota referente a esta aplicação é D+1 e a cota de resgate é D+30. Referente ao pagamento mensal, esta cota é de D+3 após a cotização.

A taxa de administração cobrada pela gestora é de 2% ao ano e a taxa referente à performance é 20% acima IPCA+6%. A Tributação é de 15% no resgate.

O perfil de investidor para esta modalidade do Fundo Alaska é de risco agressivo.

  • O Fundo Alaska Black FIC FIA II – BDR Nível I

Esta modalidade foi criada em 03/01/2017. Diferente do fundo acima, este precisa de R$1.000,00 como aplicação inicial e a movimentação mínima é no mesmo valor, assim como o saldo mínimo.

Uma semelhança entre a modalidade acima são as cotas, que funcionam sobre os mesmos princípios. O pagamento também é D+3 após a cotização.

A taxa de administração será de 2% ao ano e a de desempenho é de 20% acima IBOVESPA. A tributação é 15% no resgate e o perfil do investidor é agressivo.

  • O Fundo Alaska Institucional FIA

Criada em 21/12/2017, esta modalidade segue os mesmos princípios da anterior, sendo os mesmos valores de aplicação inicial, cotas, tributações e também é destinada à investidores agressivos. É preciso entrar em contato com a administradora para analisar junto a um profissional, qual delas será melhor para você.

  • O Fundo Alaska 70 Icatu Previdenciário FMI

Teve inicio em 02/05/2018, a aplicação inicial irá variar de acordo com o mínimo estabelecido pela plataforma, assim como a movimentação mínima e o saldo mínimo.

A cota de aplicação é D+0 e a de resgate é D+6. O pagamento é D+3 após a cotização.

A taxa cobrada pela administração é 1,5% ao ano e a de performance é 20% acima IMA-B. A tributação é 15% no resgate, destinada a investidores agressivos.

  • O Fundo Alaska Range FIM

A ultima modalidade que citaremos foi criada em 01/07/2015, destinada a investidores agressivos, assim como as demais.

A aplicação inicial é de R$5.000,00, a movimentação mínima é R$1.000,00 e o saldo mínimo é de R$5.000,00.

A cota de aplicação é D+0, a cota de resgate é D+14 e o pagamento é D+1 após a cotização.

Ao ano, a administradora cobra 2%, sendo que a taxa de performance é 20% sobre CDI, tendo a tributação a longo prazo.

Escolha a melhor modalidade e comece a trabalhar com o Fundo Alaska, permitindo que seu dinheiro seja aproveitado da melhor maneira, com uma administradora capaz e eficiente.

Continue acompanhando nossos conteúdos e obtenha ainda mais informações sobre o Fundo Alaska e saiba como trabalhar com investimentos da maneira correta.