Qual o seu Perfil de Investidor?

Vision, um sistema de Inteligência Artificial que identifica e informa o seu perfil de Investidor.


Quais os Tipos e Perfis de Investidores?

Conservador
O perfil conservador representa aqueles investidores que têm mais aversão ao risco. Em geral, esse perfil costuma investir em ativos de renda fixa, poupança e títulos de capitalização, mesmo diante da baixa rentabilidade desses ativos.

O que o perfil conservador mais valoriza é a segurança das suas finanças. Eles preferem os investimentos com retornos mais previsíveis.

Moderado
O perfil moderado é considerado um nível intermediário em relação ao risco. Essas pessoas assumem riscos mais elevados do que as conservadoras, mas diante de sinais de vulnerabilidade do mercado, elas retornam aos investimentos mais seguros, que representam a sua zona de conforto.

Investidores com esse perfil têm preferência por aplicações equilibradas em renda fixa e variável, ou seja, eles investem 50% em renda fixa e 50% em renda variável, buscando a maior rentabilidade possível.

A composição do portfólio do perfil moderado busca sempre o melhor balanceamento entre segurança, liquidez e rentabilidade.

Arrojado
Investidores conhecidos como arrojados ou agressivos preferem investir em renda variável (ações, moedas estrangeiras, fundos imobiliários), buscando a maior taxa de rentabilidade. Aceitam rentabilidades negativas pensando em ter um retorno superior no longo prazo.

Apesar de lidarem bem com o risco, os arrojados têm conhecimento e controle de seus ativos, ou seja, eles incorrem em riscos maiores, mas calculados.

Esse tipo de investidor costuma ter muito conhecimento da área de mercado de capitais, e além disso disponibiliza mais tempo do que os demais tipos para acompanhar a dinâmica do mercado e adequar o seu portfólio.

O que é Perfil de Investidor?

O perfil de investidor é delineado de acordo com certas características de uma pessoa e sua aceitabilidade em relação ao risco.

Essa definição em relação ao perfil ajuda a direcionar melhor as escolhas de investimentos, evitando arriscar acima do que seu perfil aceita.

Isso ocorre porque uma pessoa que tem aversão ao risco vai escolher investimentos mais seguros, como a renda fixa, enquanto investidores que têm mais propensão ao risco vão escolher investimentos mais arriscados, a longo prazo.

Ou seja, o que define o perfil de investidor é a forma que ele lida com o risco — sendo risco o grau de incerteza de um investimento em relação ao retorno que ele pode dar.