Conhecer bem a aplicação que se compra é fundamental para obter sucesso financeiro. De todas as informações acerca dos mais variados ativos, os tipos de fundos de investimentos ainda geram muitas dúvidas na cabeça do investidor brasileiro.

Os fundos de investimentos têm muito mais em comum do que o nome, mas tratá-los como ativos com a mesma função é um erro grosseiro. Para que você não tenha mais dúvidas, este artigo apresentará quatro tipos de fundos de investimento e suas características, explicando a que tipo de investidor são mais indicados. Siga conosco!

O que são e como são classificados os fundos de investimento?

De forma geral,os fundos são um aglomerado de capital de diversos investidores, o qual é gerenciado por especialistas em investimentos, chamados de gestores.

O pagamento aos gestores é coberto por taxas cobradas aos investidores, como a taxa de administração e a de performance. A forma como o capital é aplicado pelos gestores, que é acordada inicialmente, define a categoria do fundo. Confira a seguir as características de cada tipo.

1. Fundos de renda fixa

Como o nome sugere, o gestor deste tipo de fundo de investimentos faz a aquisição de ativos de renda fixa. O conjunto de títulos de renda fixa paga rendimentos pequenos e garantidos, sendo indicado para os mais conservadores.

Ainda assim, qualquer tipo de investidor pode encontrar utilidade nesta aplicação. Um fundo de renda fixa com liquidez diária é um ótimo substituto à poupança ou ao tesouro SELIC como reserva de emergência.

2. Fundos de ações

O capital deste tipo de fundo de investimento é aplicado majoritariamente em ações de empresas. É ideal para quem quer aproveitar os bons momentos da Bolsa de Valores, mas não tem conhecimento suficiente sobre como selecionar ações.

Trata-se de um investimento destinado ao investidor moderado e ao agressivo, em proporções diferentes. Em momentos de grande otimismo, até mesmo os investidores conservadores mantêm uma pequena parcela de seu capital aplicado em ações ou fundos de ações.

3. Fundos imobiliários

Os FIIs são um dos tipos de fundos de investimentos que mais se popularizou nos últimos meses. Eles funcionam como uma ferramenta para financiar a aquisição de grandes imóveis ou ampla quantidade de propriedades.

Mais estáveis do que investimentos envolvendo ações, os fundos imobiliários são indicados principalmente para investidores moderados. Entretanto, o recebimento mensal ou semestral de dividendos os torna um investimento adequado a todos que buscam uma renda regular na conta.

4. Fundos multimercados

Este tipo de fundo costuma dar maior liberdade aos gestores do capital. Ainda há, porém, regras pré-acordadas com relação ao tipo de gestão que deve ser feito. Mais precisamente,há todo um novo nível de tipos de fundos de investimentos dentro desta categoria.

Os fundos multimercados costumam ser mais indicados a investidores moderados e agressivos. Por ser uma classe muito diversa, é aconselhado ler com atenção as características específicas dos fundos.

Os fundos são aplicações interessantes para montar uma carteira de investimentos. Suas características diversas os tornam úteis para os mais diferentes tipos de investidores.

A grande gama de produtos e os perfis de cada fundo podem tornar a seleção de ativos uma tarefa complicada. É importante, então, contar com assessoria financeira de qualidade para selecionar os tipos de fundos de investimentos que farão parte do seu portfólio.

A Visão Investimentos possui profissionais experientes e capacitados para ajudar você a fazer uma boa seleção de fundos de investimentos. Fale conosco pelo nosso site!