Saber o que é carteira de investimentos e aplicar esse conceito é essencial para quem busca fazer seu dinheiro render. Também conhecida como “portfólio”, ela consiste no conjunto de aplicações que uma pessoa ou empresa têm.

Por exemplo, imagine que você acumule R$ 100 mil para começar a investir e aplique seu dinheiro da seguinte forma:

  • R$ 40 mil em Tesouro Selic 2023;
  • R$ 20 mil em Tesouro IPCA+ 2045;
  • R$ 20 mil em LCI que vence em 6 meses;
  • R$ 20 mil em um fundo de ações.

Essa lista com todas as suas aplicações é sua carteira de investimentos. Caso você esteja iniciando seus estudos na área, deve estar se perguntando por que isso importa e qual é o melhor jeito de montar uma carteira.

Este post o ajudará a responder essas questões e poderá ensinar algo a mais mesmo que você já domine o conceito. Continue a leitura!

Por que se preocupar com o portfólio?

Quem investe busca atingir objetivos financeiros específicos. Para isso, o investidor escolhe a aplicação mais compatível com o que busca. Saber o que é carteira de investimentos permite a criação de estratégias de investimento melhores.

A elaboração de um portfólio permite, por exemplo, que um investidor conservador compre ações sem abandonar seu perfil. Também permite que um investidor de longo prazo mantenha uma reserva com liquidez. Assim, ele evita que alguma emergência o force a sacar antes do prazo.

Como devo montar meu portfólio?

Agora que você já sabe o que é carteira de investimentos e suas possibilidades, deve estar interessado em montar uma de maneira eficiente. Infelizmente, não existe um portfólio que seja adequado para todos.

O caminho é descobrir o que é mais conveniente para o investidor em questão. Para ajudá-lo, trouxemos algumas dicas de como montar uma boa carteira. Confira!

Deixe seus objetivos bem claros

Como dito antes, quem investe busca atingir objetivos financeiros específicos. Pode ser trocar de carro, fazer uma viagem, garantir a aposentadoria ou mesmo enriquecer indefinidamente. Definir o objetivo ajudará a elaborar outros pontos importantes das aplicações escolhidas.

Descubra e siga seu perfil de investidor

O perfil do investidor é informação fundamental ao montar o portfólio. Ele mostrará qual a estratégia mais adequada para atingir os objetivos, apontando o grau de liquidez e segurança que o dono do capital prefere.

Defina os prazos

Não adianta investir todo o seu dinheiro em aplicações que vencem em 2050 buscando boa rentabilidade se o objetivo é trocar de carro em 5 anos. Os custos para sacar o dinheiro antes da hora corroem os lucros, e podem até superá-los. Além disso, toda carteira deve ter um bom volume de reserva para emergências. O ideal é que haja aplicações com liquidez diária, mesmo que rendam pouco mais que a poupança.

Escolha os riscos

O nível de risco que pode ser assumido depende do perfil do investidor. Ao analisar a carteira como um todo, porém, podemos defini-la como conservadora mesmo que contenha investimentos arrojados. Tudo depende da proporção das aplicações, o que nos leva ao último ponto.

Diversifique

A diversificação é o ponto principal da elaboração de uma carteira de investimentos. Com ela, é possível investir em ativos de curto, médio e longo prazo, visando a objetivos diferentes.

O seu efeito sobre o risco também é de grande utilidade. Uma carteira conservadora pode conter ações, já que ativos de maior segurança servem como âncora para possíveis resultados ruins que elas apresentem.

Por exemplo, mesmo que suas ações caiam 5%, o impacto na carteira será pequeno, caso elas correspondam a 10% do investimento, e as próprias ações devem ser diversificadas. Podemos diluir o risco apostando em diferentes empresas e setores.

Essas dicas são de utilidade indiscutível, mas não bastam. O ideal é contar com profissionais que tenham experiência em elaborar carteiras para os mais diversos tipos de investidores.

Uma empresa de qualidade que ofereça assessoria de investimentos é mais do que capaz de fornecer esse serviço. Nela, trabalham profissionais que acompanham carteiras de diversos clientes. Eles são capazes de explicar o que é carteira de investimento e dizer como ocupar a sua.

Ficou interessado em criar um portfólio? Quer conhecer uma empresa especializada? Visite o site da Visão Investimentos!