Carteira recomendada FII

Panorama e Performance

A última ata do COPOM divulgada no início de Novembro trouxe um tom cauteloso após o último corte de 0,5pp na taxa Selic, para 5,0% aa.

O relatório Focus publicado pelo Banco Central indica que as instituições financeiras mantiveram as suas estimativas em 4,50%aa para a Selic no fim de 2019 e 2020.

Nesse cenário, a nossa visão é de que o Banco Central tem espaço para levar a Selic até 4,25% em fevereiro, patamar que deve ser mantido até o final de 2020. Além da expectativa de cortes adicionais na taxa Selic, que deve beneficiar os fundos imobiliários, o relatório também apresentou leve aumento nas estimativas de crescimento do PIB para 0,99% em 2019 e 2,20% em 2020