A maioria dos investidores presta mais atenção nos riscos e na taxa de rentabilidade das ações. Contudo, há uma série de outros fatores que devem ser observados. O principal deles é conhecer como funciona a liquidez em investimentos.

Trata-se de uma maneira de verificar se o resgate de uma determinada quantia que foi aplicada é viável, além de estipular impactos na rentabilidade e no risco. Assim, conforme o investimento escolhido, um tipo de liquidez pode ser mais apropriado do que outro.

Quer saber mais sobre como funciona a liquidez em investimentos? Então, continue a leitura e confira!

O que é liquidez em investimentos?

A liquidez é um instituto econômico que consiste na habilidade de um investimento ser “transformado” em dinheiro. Trata-se de um método de avaliação que mede as chances de uma aplicação realizada ser transmutada para dinheiro, ou seja, ele estuda a celeridade e possibilidade de fazer com que os recursos investidos sejam resgatados.

Vamos dar um exemplo para tornar a explicação mais clara. O valor da sua conta-corrente tem uma alta taxa de liquidez, uma vez que o saque pode ser feito quando o titular bem quiser.

Por outro lado, um apartamento tem liquidez baixa, pois a compra e a venda costuma ser mais demorada e burocrática. Nesse caso, se precisar vendê-lo com urgência, deverá abaixar o preço de venda. Esse mesmo mecanismo acontece com as ações, ou seja, se desejar vender antes do prazo previsto ou em um período pouco propício, vai perder uma parte dessa quantia.

Da mesma forma, a liquidez em investimentos pode ser considerada um risco. Sabe o motivo? A resposta é simples. Quando você mantém o dinheiro em um tipo de investimento pouco líquido, poderá amargar prejuízos financeiros se porventura necessitar retirar aquela quantia rapidamente.

Quais são os tipos de liquidez em investimentos existentes?

Conheça a seguir os principais tipos de liquidez em investimentos oferecidos pelo mercado.

Liquidez diária

Um ativo com liquidez diária pode ser resgatado a qualquer tempo. É interessante para saques com o objetivo de solucionar emergências. Nesse sentido, a remuneração paga é menor, se comparada com outros tipos de ações, uma vez que não dá para ser feita uma antevisão futura dos rendimentos a serem pagos.

Assim, por exemplo, na Renda Fixa com liquidez diária, é possível resgatar o dinheiro quando for necessário e receber o valor referente ao tempo em que ele ficou aplicado.

Liquidez no vencimento

Nessa modalidade, só é possível resgatar a quantia após a data estipulada no momento em que a aplicação foi contratada. Assim, quanto maior for o prazo de aplicação, maior será o valor devido para retirada. Trata-se de uma maneira de estimular o investimento a médio e longo prazo.

Qual é a diferença entre liquidez e rentabilidade?

A liquidez e rentabilidade de um título são institutos diferentes. Uma aplicação com alta rentabilidade não significa uma grande liquidez, e vice-versa.

A liquidez, como já vimos, se refere à capacidade de ativo ser convertido em dinheiro. Por sua vez, a rentabilidade é referente à porcentagem de valor que você terá direito a receber ao optar por ela.

Nesse sentido, existem tipos de investimentos que proporcionam uma alta rentabilidade, mas baixa liquidez. Isso quer dizer que você vai receber um valor melhor, mas apenas se fizer o resgate após um grande lapso de tempo, ou seja, a longo prazo. Portanto, é você quem precisa decidir o que é melhor para os seus objetivos e necessidades. É pura estratégia.

Assim, se você já criou a sua reserva de emergência e dispõe de um aporte financeiro considerável e quer investi-lo a longo prazo, o ideal é optar por uma rentabilidade maior e não priorizar tanto a liquidez. Por outro lado, se você não tem certeza se precisará sacar o valor aplicado, o ideal é priorizar o fator explicado, em vez da rentabilidade do investimento.

Antes de começar a se aventurar no ramo dos negócios e criar uma carteira de investimentos diversificada e promissora, é essencial traçar uma estratégia e conhecer como funciona o mecanismo de rentabilidade e liquidez em investimentos.

Quer ter acesso a mais informações envolvendo o mundo da Economia? Então siga a Visão Investimentos no Facebook e fique por dentro das principais matérias sobre ações e finanças!